redacao@pbvale.com.br


Sob comoção, corpo de Fernanda Ellen é sepultado

Polícial 29/04/2013 às 21:00


"Sob comoção, o corpo de Fernanda Ellen Cabral de Oliveira foi sepultado na tarde desta segunda-feira (29). Familiares e amigos prestaram as últimas homenagens a estudante no Parque das Acácias, em João Pessoa".

O corpo permaneceu no IPC desde o dia 8 de abril, data em que a Polícia Civil elucidou o desaparecimento da menina ao descobrir que seu vizinho Jefferson Luís a havia matado e enterrado ainda no dia 7 de janeiro, quando a estudante voltava da escola para casa, no bairro do Alto do Mateus, Capital. As investigações duraram 91 dias e envolveram 30 policiais.

A mãe de Rebeca Cristina e de Aryane Thais e outros familiares de vitimas de mortes violentas também compareceram ao velório.

O Crime

Jefferson Luis Oliveira Soares, 25 anos, confessou ter matado a estudante Fernanda Ellen no dia 7 de janeiro deste ano. Em depoimento à polícia ele disse ter chamado a menina para sua casa, pediu dinheiro e a jovem ficou nervosa. Segundo o delegado Aldrovilli Grisi, Fernanda teria pedido a Jefferson para ligar para o avô, mas ele negou e a agrediu. “Ele deu uma gravata e Fernanda caiu desfalecida”.

“Quando o dinheiro acabou, eu peguei o celular dela e troquei pela droga”, confessou Jefferson.

O corpo de Fernanda ficou embaixo da cama por três dias, segundo contou o acusado. “Fiquei com medo da minha família, minha companheira descobrir”, declarou.

Ele confessou ainda que provocou brigas com a esposa para que ela fosse para a casa da sogra, a fim de que ele tivesse tempo para esconder o corpo de Fernanda. “Minha mulher estava desconfiada. Sabia que tinha algo errado comigo”, explicou.

Jefferson afirmou que não teve coragem de encarar a família depois que matou a menina. “Passei várias noites sem dormir, sem comer direito”, afirmou.

“Me arrependo muito. Estive cara a cara com o pai dela e não aguentei nem olhar nos olhos dele”, disse.

“Não posso nem culpar que a droga. Não fui eu, foi o inimigo”, finalizou.

Jefferson Luis Oliveira Soares está preso Complexo Prisional PB1, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

Da redação, com informações do Tambaú247 / Fotos Aguinaldo Motta

Comentários

vídeo

Em Guarabira: Aluno é esfaqueado por colega dentro da escola; é o 2º caso em 15 dias

ver todos

colunistas

ver todos