redacao@pbvale.com.br


Cássio nega intenção de censurar internautas

"Cássio usou a tribuna para esclarecer polêmica sobre censura na internet".

Política 05/12/2013 às 14:00


O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) esclareceu que não teve a intenção de censurar a opinião de internautas ao apresentar emenda ao projeto conhecido como minirreforma eleitoral. Ele explicou que sua intenção de evitar que candidatos contratem empresas para atacar e desqualificar adversários pela internet foi vista por alguns como censura.

Em pronunciamento no Plenário, nesta quarta-feira (4), o senador reafirmou seu respeito à democracia, à diversidade de opiniões e ao contraditório.

- Seria inadimissível imaginar que o Congresso Nacional teria aprovado, pelo consenso de todos os partidos, qualquer mordaça, qualquer censura e qualquer limite ao direito constitucional da livre manifestação do povo brasileiro - afirmou o senador.

Cássio Cunha Lima disse que a minirreforma tem dispositivos que garantem a livre expressão de opinião e a liberdade plena de falar e de agir. Ele observou, no entanto, que a redação pode ser melhorada e lembrou que o texto ainda passará pela Presidência da República, que pode vetá-lo, e pela regulamentação.

Da redação, com informações da Agência Senado

Comentários

vídeo

Vigilante e assaltante ficam feridos durante tiroteio em tentativa de assalto aos Correios na Paraíba

ver todos